Empresário de Renê Jr. oferece volante ao São Paulo

rene jr

Escolhido para ser o titular do time do Santos no início de 2013 fazendo inclusive com o que o Peixe dispensasse Adriano que foi para o Grêmio, Renê Jr. foi dispensado da equipe praiana. Imediatamente, o empresário do jogador iniciou contatos com o clube chinês que tem interesse nele mas antes de falar de apenas dinheiro, Renê Jr. gostaria de se firmar no Brasil.

Sabedor do interesse do São Paulo em Baraka, seu antigo parceiro de Ponte, ele acredita que a confiança de Muricy em seu futebol pode selar uma possível ida e reedição da dupla da Ponte de 2012 aqui em 2014.

Uma chuva de volantes está sendo especulada: Bruno Henrique quase certo, Jucilei com a esperança do investimento da DIS, Baraka livre no mercado e agora a oferta de Renê Jr.

O que você acha, Tricolor? Valeria a pena?

Fonte: Blog do São Paulo

Share Button

Jucilei pode ter uma alternativa e vir para o São Paulo

jucilei

Desgastada após a negociação do atacante Neymar, que trocou o Santos pelo Barcelona, a DIS, braço esportivo do grupo Sonda, decidiu cortar investimentos no futebol. No entanto, a empresa pode entrar em um último negócio antes disso. O grupo diz ter conversado com o São Paulo e recebido pedido para investir 5 milhões de euros (R$ 16 milhões) na contratação do volante Jucilei, atualmente no Anzhi Makhachkala (RUS). Segundo os investidores, haverá uma reunião com a cúpula tricolor na sexta-feira para tratar do assunto.

Nesta semana, a DIS avisou aos 12 funcionários registrados que todos serão demitidos. A maioria já assinou a carta de demissão e iniciará na próxima semana um período de 30 dias de aviso prévio. Isso abrirá um período de transição para a empresa negociar a cartela de jogadores, que ainda pode ser ampliada com a presença de Jucilei.

No entanto, a DIS vê neste momento poucas possibilidades de fazer o investimento. O preço não é o problema, mas sim a chance de lucro. O volante tem 25 anos, e a chance de negociá-lo por altos valores depois de uma passagem pelo São Paulo seria pequena por causa da idade.

O São Paulo busca meios para contratar Jucilei, alvo do clube para reforçar o setor defensivo do meio de campo – o que é visto como prioridade por diretoria e comissão técnica para a montagem da equipe de 2014, assim como contratações para o ataque. O jogador tem contrato até o fim de 2014 na Rússia e já avisou à diretoria do Anzhi que não renovará com o clube caso não seja negociado no fim deste ano – e sairá de graça, sem indenizações. O Anzhi é o último colocado no Campeonato Russo após ter negociado os jogadores mais importantes, como o camaronês Samuel Eto’o e o brasileiro Willian.

A DIS encerrará as atividades por causa do desgaste decorrente da transferência de Neymar ao Barcelona (ESP). O ex-atacante do Santos foi vendido por 17 milhões de euros (R$ 49,6 milhões). O Santos ficou com 9,35 milhões de euros (R$ 27 milhões), a DIS embolsou 6,5 milhões de euros (R$ 18,9 milhões) e a Teisa, dona de 5% dos direitos do atacante, lucrou outros 860 mil euros (R$ 2,5 milhões).

No entanto, a DIS questionou uma série de pontos nessa divisão. A empresa apontou amistosos, preferência em negociações com outros jogadores santistas e até um adiantamento dado a Neymar como formas de reduzir o valor que o Santos destinou ao grupo.

O imbróglio ampliou uma rusga que já existia entre Santos e DIS. A empresa chegou a acionar a justiça para tentar receber um valor maior pela transferência de Neymar.

UOL

Share Button

Reforços? Muricy vai aproveitar 3 da base…

boschilia_crop_galeria

Três jogadores da geração sub-17 do São Paulo, campeã da Copa do Brasil deste ano e tida internamente como uma das mais promissoras do clube, serão promovidos ao time profissional em janeiro. Eles farão parte do elenco principal depois da disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

“Tenho na cabeça alguns moleques em que tenho esperança. Já conheço bem a maioria deles. É definitivo”, disse Muricy Ramalho à GE.net.

O treinador os conhece bem porque, ao menos uma vez por semana, vinha testando seus reservas em jogos-treino contra essa safra de promessas, no CT da Barra Funda. Jogos em que os profissionais tiveram mais trabalho do que quando enfrentavam categorias superiores do clube, como a pouco valorizada sub-20.

Treinador já conhece bem a geração sub-17 do clube

Cinco atletas foram convocados recentemente para o Mundial sub-17 e estarão também na Copinha. São eles o lateral direito Auro, o zagueiro Lucas Silva (alçado precocemente ao profissional em 2013, sob comando de Ney Franco), o volante Gustavo Hebling, o meia Gabriel Boschilia e o atacante Joanderson.

“No profissional, eles ganharão mais experiência e, talvez, já poderão até jogar. Idade não quer dizer nada”, justifica Muricy, que pouco revelou em sua passagem anterior pelo São Paulo (até 2009), mas explorou muito mais as divisões de base do Santos antes de ser demitido, em maio.

Como a Copinha vai até 25 de janeiro, os talentos que Muricy analisa poderão ser promovidos com o Campeonato Paulista já em curso – a primeira rodada está marcada para o dia 19 -, já que eles só se juntarão ao profissional ao término da participação na competição de juniores.

De férias desde o domingo passado, o elenco principal iniciará a pré-temporada apenas em 6 de janeiro. Na estreia do Paulista, Muricy talvez não utilizará a equipe que considera ideal. Ele e sua comissão técnica vão levar em consideração o condicionamento físico do grupo, ponto muito criticado ao longo da sofrível temporada 2013.

Share Button

Toque Feminino:Dicas para superar a abstinência de futebol!

 

tf_mel

 

Eu não sei quanto a vocês, mas eu odeio essa época do ano! Não pelas festas, mas porque não tem nada de futebol para acompanhar além das famigeradas especulações de novas contratações. Não que eu não curta, mas chega uma hora que não é mais o suficiente.

Pensando nisso, eu comecei a me preparar há alguns meses e decidi compartilhar com vocês algumas coisas para suprir a falta de jogos e, é claro, do nosso amado Tricolor”.

Dicas:

1 – Eu já tinha assistido aos DVDs “Soberano”, mas não os tinha em casa. Como estavam em promoção na São Paulo Mania, comprei e ainda não assisti. Vou aproveitar esse período para ver os dois filmes. Devido a Black Friday, eles se esgotaram na São Paulo Mania, mas você os encontra pelo melhor preço na Livraria Cultura.

2- Andei conversando com o pessoal da Passaporte FC e me informaram que o Morumbi Tour estará funcionando normalmente nas férias. E o melhor de tudo, é baratinho!

3- Ainda sobre a Passaporte, além do Tour para o estádio, eles também estão organizando um evento especial para o final de ano com uma exposição de camisas históricas do Rogério Ceni, entre os dias 21 e 22 de dezembro. Serão cerca de 30 camisas, todas que ele vestiu durante sua carreira. Para mais informações é só ficar ligado no site da empresa, que logo deve postar algo.

4 – Logo no começo de janeiro começa a Copinha! Os meninos do São Paulo estreiam no dia 03/01, na arena Barueri. Eu confesso que comecei a me interessar pela garotada esse ano, ainda mais depois de todas as acusações de roubo promessas de outros times, imagino que teremos um Dream Team em campo neste ano! Sem contar que, outro motivo para assistir a Copinha é a saída do Baresi e a entrada do Menta como técnico do sub 20. Outros jogos do São Paulo acontecerão nos dias 06 e 09 de janeiro.

5- Livros! Muitos livros! Após o livro sobre 1992 do Raí (que eu comprei e não li para esperar a temporada de “seca”), agora é a vez do incrível Zetti lançar o seu “1993 – Somos Bicampeões do Mundo”. Infelizmente, eu não poderei ir ao lançamento que acontece hoje, às 18:30, na Livraria Cultura (Av. Paulista – Conj. Nacional), onde ele estará autografando os exemplares da galera, mas se você puder ir: VÁ! Zetti faz parte da história do São Paulo e merece ser prestigiado.

6 – Ainda falando em livros, saiu um muito bacana sobre Copa do Mundo chamado “Tesouros da Copa do Mundo”. A edição, que vem numa embalagem linda com um estojo de capa dura, faz um apurado dos grandes jogadores e os momentos memoráveis de cada um deles, resultados dos jogos e fatos mais marcantes. É uma oportunidade para reviver os melhores momentos de todas as edições da competição. Também apresenta os programas das competições, modelos de ingressos, cartazes, adesivos, cartões-postais e documentos históricos que até agora permaneceram arquivados ou apenas expostos no Museu Nacional do Futebol, na Inglaterra, e em outras coleções particulares em todo o mundo. Um item bacana para colecionadores!

7 – O Zanquetta (sim, o dono do blog!) esses dias me pediu para ter paciência, porque viriam reforços bons para o São Paulo. Eu disse a ele que, se não vierem ele será penalizado. Então, deixo esse último tópico para vocês pensarem durante as férias: Qual o castigo eu deveria dar ao Zanca se não chegar um bom jogador?

 

Saudações tricolores!

Share Button

Atualizando o Mercado Tricolor 12/12/2013

Luis Fabiano

Aloisio.  Manter o Boi custará R$ 4,7 milhões ao São Paulo. Um valor alto mas diante de custos como Leandro Damião em torno de R$ 42 milhões e salários de R$ 750 mil e de Vargas que por empréstimo de 1 ano e meio custou R$ 3 milhões, mais luvas aos jogadores, não parece tanto.

O jogador esforçado mas sem tantos recursos marcou gols importantes e divide a torcida sobre se vale ou não tal investimento para o próximo ano.

Welliton. O atacante que viera do Grêmio, após intensificar treinamentos físicos, começou a agradar Muricy. E este foi o motivo apontado por Muricy para um rendimento tão ruim de um jogador com tanto potencial. Deu carta branca para o Tricolor tentar manter o atacante e as propostas do São Paulo não agradaram. Porém, Welliton avisou que não quer voltar à Moscou e que pretende ficar no Tricolor. Agora é aguardar o desenrolar da situação do atleta com o clube e até uma possível cessão de direitos de um jogador foi cogitada ou um empréstimo de outro atleta ao clube russo. Esperamos que Muricy saiba o que está fazendo…

AloisioGilberto. Surpreendentemente, o jogador afirmou ao Inter que ao invés de aguardar negociação com o São Paulo, preferia aceitar a proposta do glorioso Toronto FC. Com isto, o Inter deve vender o atacante que poderia vir em possível negociação de troca. Ainda não está fechado, mas a tendência de que ele vá é grande…

Marcelo Moreno. Jogador com perfil do Muricy, alto e forte, o boliviano foi descartado pelo Flamengo e agora entrou na lista de disponíveis do Grêmio para a troca com Rhodolfo. Muricy ainda não se pronunciou.

Sobis. Se o Fluminense ficar na Série A, ninguém sairá de lá. Se realmente não ficar, aí há chances. Ou seja, a indefinição persistirá por mais um tempo.

Luis Fabiano. Após a venda de Damião, o Internacional vai intensificar os negócios para repor a camisa 9 da equipe. Luis Fabiano, Nilmar e mais um nome que anda circulando em segredo no Inter são os grandes alvos para a posição. Como já dito aqui, O Inter tenta se livrar de Forlan e ceder Luis Fabiano ao São Paulo em troca. O São Paulo ainda quer Fabrício do Inter para a ala esquerda.

Baraka. Baraka fica sem contrato agora no final do ano e tem caminho livre. Quase assinou no começo deste ano e agora voltamos a ter interesse.

brunohenriqueBruno Henrique. O volante que já acertou salarios e quer jogar no São Paulo em 2014, está perto de um desfecho sua situação com o Londrina. O clube que quer dinheiro para ceder o atleta, está negociando e agora aguarda o OK para assinar por 3 anos com o São Paulo.

Fonte: Blog do São Paulo

 

 

Share Button

Para ter Aloísio em definitivo, Tricolor tem de pagar cerca de R$ 5 milhões

Aloisio

O São Paulo tem de pagar cerca de R$ 5 milhões se quiser adquirir em definitivo o atleta que mais entrou em campo e fez gols pelo clube em 2013. Essa é a quantia estabelecida no contrato de Aloísio com o Tricolor.

O atacante está emprestado ao time do Morumbi com vínculo até o meio da próxima temporada. Ele é registrado pelo Tombense, clube utilizado por seu empresário Eduardo Uram, que tem boa relação com a diretoria são-paulina.

Na semana passada, o Boi Bandido afirmou que não sabe se irá permanecer para 2014 porque recebeu uma sondagem do futebol chinês. O clube interessado em Aloísio é o Shandong Luneng (CHN), o mesmo que fez uma proposta milionária para ele no meio do ano, mas o atacante entendeu que era o momento de permanecer no Tricolor, já que estava ganhando espaço no time.

A diretoria do São Paulo concentra seus esforços na tentativa de contratar outros jogadores porque não vê a situação do Boi Bandido como urgente. O atacante também afirmou ter certeza que, se o contrato estivesse para acabar neste fim de ano, seria renovado.

O valor é inferior ao que foi pago por Osvaldo, por exemplo. O atacante, hoje em baixa, custou cerca de R$ 8 milhões no início de 2012.

Aloísio chegou em janeiro, começou como reserva, mas logo começou a conquistar a torcida por seu estilo de jogo, com muita raça e vontade. Ele disputou 71 partidas no ano – recorde do elenco -, colocou Luis Fabiano no banco e foi o artilheiro do time, ao lado do Fabuloso, com 22 gols marcados na temporada.

Fonte: Lancenet

Share Button

Coluna do José Renato: 20 anos do maior bicampeão mundial de todos os tempos

colunas bimundial

Tínhamos um dos melhores times do mundo.

Éramos bicampeões sul americanos.

Atuais campeões mundiais.

Ainda assim, éramos considerados zebras.

Iríamos enfrentar uma equipe magistral, o Milan.

Formada pelos melhores jogadores de vários países, a equipe italiana era uma Seleção Mundial.

Para piorar, não teríamos o “Terror do Morumbi”.

Raí fora contratado pelo PSG.

Todos eram unanimes em afirmar:

“Se as equipes jogarem o melhor de seu futebol, o Milan será campeão.”

E o começo do jogo deu a entender isso.

Os “Rossoneros” partiram para o ataque.

Não demorou muito e Massaro acertou um chutaço no travessão.

A coisa parecia feia.

Apenas impressão.

Foram necessários três toques para abrirmos o placar.

André para Cafu para Palhinha…GOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLL

Eram 19 minutos do primeiro tempo.

Mas o jogo era duro.

O Milan tinha um timaço.

Zetti operou um milagre ainda no primeiro tempo.

Até que…

Logo no começo do segundo tempo, eles empataram.

Massaro marcou.

Em uma clara falha de nossa defesa.

Talvez apenas para dar mais emoção a partida.

Pois logo em seguida, estávamos na frente de novo.

Após cruzamento de Leonardo, Cerezo marcou 2 a 1.

A partir daí, só deu Tricolor.

Passamos um trator sobre os milaneses.

Até que…

Eles empataram.

Desta vez Papin, e faltavam apenas 9 minutos para acabar o jogo.

Cá entre nós, apenas para dar mais emoção.

Se bem que, confesso que cheguei a pensar o pior.

Achei que não teríamos poder de reação.

Até que…

Cerezo encontrou um espaço para Muller.

A bola estava bem mais para o goleiro Rossi.

Azar dele.

Lembro até hoje, Galvão Bueno gritar: “…falta o lance de Muller…”

O que se ouviu foi o grito de gol mais esganiçado da história.

Gol magistral.

Meio de chaleira.

Para os rivais, sem querer.

Tão logo marcou o gol da vitória Muller se dirigiu ao italiano Costacurta e disparou: “Questo gol é per te buffone” (Este gol é para você, palhaço).

Os italianos levantavam às mãos para o céu.

Não acreditavam.

Deveriam saber: era impossível bater aquele time.

Eles estavam definitivamente derrotados.

“As equipes jogaram o melhor de seu futebol, o São Paulo foi campeão.”

Ah Telê….

 

Eis a ficha técnica

São Paulo 3×2 Milan

Data: 12/12/1993

Local: Estádio Nacional de Tóquio – Japão

Gols : Palhinha aos 19min do primeiro tempo. Massaro aos 3min, Cerezo aos 14min, Papin aos 36min e Muller aos 41min do segundo tempo.

Público: 52.275 pagantes

Árbitro : Joel Quinou (FRA)

São Paulo: Zetti; Cafu, Válber, Ronaldão e André Luiz; Doriva, Dinho, Toninho Cerezo e Leonardo; Muller e Palhinha (Juninho). Técnico: Telê Santana

Milan: Rossi; Panucci, Costacurta, Baresi e Maldini; Albertini (Orlando), Donadoni e Desailly; Massaro, Papin e Raduciou (Tassoti). Técnico: Fábio Capello

Share Button

Pacotão do Flu?

jeanesobis

Muricy ajudou a montar o time campeão do Fluminense em 2010. Conhece bem alguns jogadores de lá e com o time indo para a 2a divisão, é evidente que não conseguirão manter todos os atletas. Ainda mais tendo que pagar Conca, Fred e Cavalieri que possuem salários altíssimos. Mesmo com a Unimed.

Dali, o treinador Tricolor já orientou quem tem interesse ao gerente de futebol do São Paulo, Gustavo que irá trabalhar os nomes com o presidente Peter Siemsem.

Ontem, ecoou na mídia que Vargas fechou empréstimo com o Santos. FATO: o São Paulo nem proposta chegou a fazer, só sondou tentando atrapalhar o negócio sempre criticando o Napoli e falando que a chance de fechar era minúscula. Evidente! A vontade nunca existiu de fechar negócio com ele. O problema é extra campo com a direção do Santos que tentou atravessar Bruno Henrique em retaliação ao pai de Neílton querer o filho dele no São Paulo.

Voltando ao pacote do Flu, Sobis foi anunciado na mídia como objeto de desejo de Muricy. Porém, o principal desejo de Muricy para 2014 é Jean para a volância. Ambos trabalharam juntos e o São Paulo tentará um empréstimo do volante que ainda sonha em ir para a Copa e na Série B é que a chance é zero! Sobis e Carlinhos, latera esquerdo vem em segundo plano junto com o interesse no zagueiro Leandro Euzébio. Para quem pensa em Edu Dracena, a probabilidade maior é de Euzébio.

O que acham do pacotão, tricolores?

Fonte: Blog do São Paulo

Share Button

Muricy procura outro líder para o Tricolor e tem Edu Dracena na mira

Edu Dracena

A diretoria do São Paulo já começa trabalhar em busca de reforços para a próxima temporada. Sem ter realizado uma boa campanha em 2013, o objetivo é buscar nomes de peso para o ano que vem. E um dos pretendidos pelo técnico Muricy Ramalho, que renovou contrato até o fim de 2015 com o Tricolor, é ídolo do rival santista: o zagueiro Edu Dracena.

A diretoria do São Paulo ainda não fez uma proposta oficial por Dracena, mas ele está na lista de reforços de Muricy, que foi seu comandante no título da Libertadores da América em 2011. O treinador considera Edu uma liderança dentro de campo e também um agregador de grupo. Por querer alguém mais experiente na defesa, para dividir as responsabilidades com Rogério Ceni, o treinador tem Dracena na mira.

Com contrato até dezembro de 2015, e um salário de aproximadamente R$ 250 mil, não será fácil tirar o capitão do Peixe da Vila Belmiro. O jogador e sua família gostam muito da cidade do litoral e só aceitariam sair de Santos por uma proposta muito rentável.

Procurado pela reportagem do GloboEsporte.com, Dracena não foi encontrado para comentar o assunto. Vestindo a camisa do Santos, Edu realizou 205 partidas e marcou 17 gols. O zagueiro conquistou pelo Peixe três títulos paulistas, uma Copa do Brasil, uma Recopa Sul-Americana e a Taça Libertadores da América.

Mudanças na defesa

O pedido de Muricy Ramalho vai contra o que disse o vice-presidente do clube, João Paulo de Jesus Lopes. O dirigente afirmou que o Tricolor procura reforços apenas do meio para frente por entender que a defesa está pronta. Paulo Miranda e Edson Silva não deverão continuar no clube em 2014, enquanto Rafael Toloi está na marca do pênalti. Se surgir alguma boa proposta pelo ex-beque do Goiás, os dirigentes não farão esforço para segurar.

Vale lembrar que, além de Roger Carvalho, que terá condições de jogo normalmente a partir da pré-temporada, o clube deverá ter o reforço do também zagueiro Breno que, assim que for liberado para deixar a Alemanha, onde está preso por ter sido acusado de colocar fogo na própria casa, voltará ao time que o revelou para o futebol.

Fonte: globo.com

 

 

Share Button

Viagens ao Sub Mundo – Sádicos

viagens

Sádicos

 

Fim de Brasileirão.

Caiu quem tinha que cair e não caiu ‘Aquele Que Nunca Cai’.

Muitos dizem que foi o campeonato mais fraco dos últimos tempos. Talvez por causa da falta de destaque daqueles que querem sempre destacar.

Chamam de ‘sem graça’ quando são os outros que riem…

Sem graça…

Muita graça teve no jogo entre At. Paranaense, do ‘idôneo’ presidente Petraglia http://oglobo.globo.com/esportes/relembre-escandalos-de-jogos-arranjados-no-futebol-no-brasil-no-mundo-3206862, e Vasco, do não menos ‘correto e honesto’ Roberto Dinamite.

A barbárie, foco das discussões nos últimos 2 dias (e que logo será jogada ao limbo do esquecimento nacional), causou espanto, tamanha violência explícita.

E daí surgem os ‘inconformados’ hipócritas da imprensa, todos ‘chocados’ e exigindo punição exemplar, bradando como se possuidores da ‘Grande Verdade Universal’…

Estamos às vésperas do maior crime já cometido contra uma nação (nos moldes econômicos ‘pacificamente’ falando). O evento que tornará ainda mais milionários/bilionários os velhos e os gordos adoradores de travestis não pode ser ameaçado em hipótese alguma. O dever ‘monetário’ da imprensa, parceira desses senhores imundos, é abafar ou esconder o ‘espetáculo’ comum nas arquibancadas de todo o país.

Imagina… agora não é hora de resolver isso. Porque, pra resolver, tem que agir de verdade.

As respostas existem. São soluções reais que eliminariam o mal pela raiz e não são de tão difícil aplicação, até. Não haveria essa patifaria entre seres hediondos nos estádios caso fosse realmente de interesse dos promotores, patrocinadores e interessados interesseiros dos eventos o fim de toda a violência dessa natureza.

NÃO QUEREM RESOLVER ISSO.

É simples assim.

Não existe preocupação alguma por parte de governo, mídia e dirigentes esportivos em acabar com a violência nos estádios.

Eles não querem que isso acabe porque não é lucrativo.

Preferem ver mais e mais mortes e incidentes.

Não é lucrativo e pode até ser danoso para os bolsos já cheios. Pode pingar menos nos cofres.

Seria como deixar de executar os serviços de ‘tapa-buracos’ existentes nas mais diversas prefeituras do país, independentemente de partido político, situação geográfica, Estado a qual pertence o município, etc..

‘Tapa-buracos’ é o que se faz, sempre se fez.

Os discursos ‘tapa-buracos’ são os da dona presidente/presidAnta quando ao se pronunciar após atrocidades de natureza semelhante.

Com a desculpa esfarrapada de ‘falta de verba suficiente’ para outro tipo de solução no tratamento do asfalto nos municípios, prefeituras abrem licitações para as famigeradas operações ‘tapa-buracos’, onde uma determinada (e amiga) empresa vencedora do trâmite realizará serviços de cobertura asfáltica nos bairros, centro e periferias nos locais determinados, aonde exista a ocorrência de buracos e graves defeitos no pavimento.

O já pessimamente feito asfalto recebe uma carga gigantesca de ‘band-aid’ para logo mais, dependendo da situação, em poucas semanas, meses e, por sorte, anos, ressurgirem os defeitos e a necessidade novamente do mesmo toque de maquiagem.

Um asfalto feito nos moldes ideais para o solo em questão dificilmente apresenta falhas e necessidade de recape, ou ‘tapa-buracos’. Licitações formuladas da forma devida e fiscalizadas e inspecionadas corretamente, e dignamente, apresentariam condições e obrigatoriedades quanto à espessura do asfalto a ser aplicado, à aderência, aos componentes químicos, dentre outras particularidades. Teríamos então tapetes para o tráfego, muito menos problemas mecânicos nos veículos e menor necessidade de licitações fuleiras que geram um dinheirinho extra para os participantes e representantes públicos.

Ou seja… pra quê acabar com os ‘tapa-buracos’?

Pra quê acabar com uma oportunidade de lucros particulares?

Pra quê acabar com a violência nos estádios, sendo que (como bem dito pelo amigo Junior Fernandez) soluções como torcida única num campeonato inteiro, jogos sem público num campeonato inteiro, seguranças particulares em enorme escala como obrigação do time mandante, perda de pontos e desclassificação automática dos times cujas torcidas estiverem envolvidas nas barbáries, etc. acabariam minando diversos acordos financeiros, fariam a circulação monetária nos bastidores ficar muito menor e os valores de patrocínio e transmissão poderiam correr um certo risco?

Vocês perderiam a ‘boquinha’, né?

Portanto, não me venham jornais, revistas, televisão e internet me dizerem que estão preocupados com a violência nos estádios.

Não me venham presidentes de clubes lamentarem ocorridos, sendo que os brutos recebem variados agrados de suas administrações!

Não me venha você, Governo, fazer discursos baratos e pronunciamentos hipócritas lamentando mortes e acidentes e incidentes variados com o punho rígido a babar, se dizendo triste e abalado por essas causas.

Vocês não querem que isso acabe!

Vocês são sedentos por sangue.

Sádicos!

 

Ronnie Mancuzo – Sub

————————————————————————–

O link de hoje é da banda The White Stripes. A baterista Meg White comemora seu aniversário e, como a música 7 Nation Army é entoada nos estádios de algumas torcidas, vamos a ela.

Parabéns pelos seus 39 anos, moça.

————————————————————————–

“Limitar é se mostrar ainda mais limitado.”

Ronnie Mancuzo – Sub

 

 

 

Share Button